Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

rodrigando

Aqui falo de mim, dos que amo, dos meus sonhos, das minhas alegrias e tristezas e de tudo o que gosto...ou não.

rodrigando

Aqui falo de mim, dos que amo, dos meus sonhos, das minhas alegrias e tristezas e de tudo o que gosto...ou não.

CEDO...TÃO CEDO

rodrigando, 05.05.11

{#emotions_dlg.sleeping}Ainda é tão cedo!

Revolvo-me na cama, embrulho-me ainda mais no aconchego da roupa, afofo a almofada e deito de novo a cabeça, tentando voltar a adormecer.

Lembro-me que, quando era criança, me diziam que se ficarmos quietos e calados o sono chega.

Fico quieta e calada mas não consigo fazer o mesmo com o pensamento.

Ele sobe e trepa pelas montanhas do passado, por aquelas mesmas que eu tive que transpor.

E as recordações vêm umas atrás das outras.Quase se atropelam, quase se sobrepoem. Boas, más,alegres, tristes, dolorosas. São como uma cadeia de argolas. Entrelaçam-se umas nas outras.

Mas eu não quero pensar, não quero recordar, quero simplesmente adormecer.

Mentalmente digo ao pensamento para parar mas ele é desobediente. Quanto mais lho digo mais ele se ri de mim e me recorda outras vezes em que tivemos a mesma luta.

Nem sempre ele ganha. Por vezes acabo por adormecer cansada de pensar e recordar.

Hoje venceu ele.{#emotions_dlg.annoyed}

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.