Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

rodrigando

Aqui falo de mim, dos que amo, dos meus sonhos, das minhas alegrias e tristezas e de tudo o que gosto...ou não.

rodrigando

Aqui falo de mim, dos que amo, dos meus sonhos, das minhas alegrias e tristezas e de tudo o que gosto...ou não.

TATUAGENS

rodrigando, 26.06.10

Beija-flor tatuado em pele de porco

Longe vai o tempo em que quem usava uma tatuagem eram marujos, presos ou marginais.
Hoje a tatuagem tornou-se uma obra de arte.
Com a chegada do Verão e os corpos mais nús, vêm-se verdadeiras obras de arte andantes ( e também algumas aberraçoes, claro).
Eu gosto de as ver coloridas. Gosto de flores de lótus, beija-flor, golfinhos, elfos, fadas mas, não sei porquê, os que mais me fascinam são os unicórnios.
(Reminescências do mundo dos sonhos ou chegada à 2ª infância)?
Não gosto de as ver grandes a não ser que sejam simples e sem muitos floreados.
Não gosto das compactas, escuras e agressivas. Mas gostos não se discutem, não é?
Este ano, nas noivas de Santo António, havia uma noiva que tinha  um diabrete nas costas. Estava giro,  era inesperado e sobressaía imenso no vestido de noiva, sem ombros.
Quando lhe perguntaram a razão da tatuagem disse que a irmã (penso que gémea), tatuou um anjo por isso ela resolveu tatuar o diabinho.
Embora não seja dos desenhos meus preferidos, achei imensa graça.
Eu, se fosse mais nova, até sei como surpreendia a minha gente!
E, mesmo assim, não sei se um dia destes não lhes prego uma partida.
Basta encontrar um decalque de que eu goste.
Ai, é mesmo a 2ª infância, de certeza.

1 comentário

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.