Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

rodrigando

Aqui falo de mim, dos que amo, dos meus sonhos, das minhas alegrias e tristezas e de tudo o que gosto...ou não.

rodrigando

Aqui falo de mim, dos que amo, dos meus sonhos, das minhas alegrias e tristezas e de tudo o que gosto...ou não.

E A HIPOCRISIA CONTINUA...

rodrigando, 08.01.10

 CASAMENTO CIVIL / UNIÃO CIVIL REGISTADA / ADOPÇÃO

 

A mim faz-me confusão.

Não me faz confusão que duas pessoas que se amam e que vivem em união de facto (sem que ninguém as impeça  nem ninguém tenha nada a ver com isso) , se queiram casar.

Não me faz confusão que essas pessoas sejam de sexos diferentes ou do mesmo sexo.

Não me faz confusão que todos os Portugueses tenham os mesmos deveres.

O que me faz confusão é que nem todos tenham os mesmos direitos!

Quem é que tem medo dos casamentos entre homossexuais?

Quem é que "inventou" a união civil registada, sabendo que isso é exactamente a mesma coisa? Só muda o nome, as moscas são as mesmas!

Toda a gente sabe que uma  "Uniãode facto" NÃO DÁ as mesmas regalias sociais que um casamento. Seja entre  um casal homo ou hetero.

RESPEITO quem por convicção religiosa não concorda.

Mas em que é que isso interfere na vida deles?

A maioria das pessoas "ditas normais",leia-se "heterossexuais", pensam que os homossexuais são bichos raros, espalhafatosos, escandalosos, quando são exactamente pessoas iguais eles.

Grandes surpresas hão-de ter certas pessoas quando descobriram que os rapazes e as raparigas que vivem na casa do lado ou do outro lado da rua ,vão casar-se um com o outro.

Quanto à adopção a hipocrisia continua.

Quem tem medo que as crianças criadas por homossexuais se tornem homossexuais também?

Afinal quem conhece homossexuais que não sejam filhos de pais hetero?

Quanto ao facto de as crianças que venham (espero eu) a ser adoptadas por casais homossexuais poderem, ou não, ser magoadas com a situação pelos colegas,

compete-nos e nós  educar os nossos filhos a saber respeitar as diferenças.

Lembro-me que antes de haver a Lei do Divórcio uma das razões para o evitar era que os filhos é que iriam sofrer. 

Pelo menos era a defesa dos que eram contra o divórcio

Afinal hoje há imensas famílias monoparentais em que os filhos são mais felizes só com um dos pais do que quando viviam com os dois.

Todas as pessoas precisam de Amor e as crianças mais do que todos os outros.

Se é possivel a adopção por solteiros, se vimos tantas crianças a ser maltratadas até pelos pais, então porquê continuar com esta hipocrisia e não deixar que saiam dos lares as crianças que encontrem pais dispostos a amá-los?

E isto não tem nada a ver com a homossexualidade.

Quantos casais hetero lutam há anos por adoptar uma criança sem que o consigam. E não é por falta de condições ou por falta de Amor.

É apenas porque não há vontade de acabar com a hipocrisia.

 

NOTA- Com este post não quero desrespeitar nenhuma convicção religiosa ou política.

Muito menos qualquer pessoa.

Mas que há coisas que me fazem confusão,há.

 

                                  

 

24 comentários

Comentar post

Pág. 1/2