Aqui falo de mim, dos que amo, dos meus sonhos, das minhas alegrias e tristezas e de tudo o que gosto...ou não.



Contador de visitas
.Os Meus amigos



Maripossa


:: Onix ::

San
Sentidos Proibidos Mª
Cuidando de Mim
Da Planície
Tina
Coisas de Mulher
Em busca da Felicidade



.posts recentes

. Cansada de ter saudades

. Saudades

. Saudades

. FELIZ DIA DA MÃE

. DE VOLTA? TALVEZ

. PAI SE É POSSIVEL...

. Morreu em HOMEM!!!

. SINA ...(?)

. EM TEMPO DE PÁSCOA E REFL...

. PARABÉNS FILHO

.arquivos

. Maio 2019

. Março 2018

. Maio 2013

. Fevereiro 2013

. Abril 2012

. Março 2012

. Novembro 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Novembro 2008

Domingo, 18 de Outubro de 2009
OLHAR A VIDA (10)

Olha a vida...

Pelos olhos de uma criança,

Que não vê

O ódio,a mentira ou a vingança.

Olha a vida...

Pelo olhar duma velhinha

Que já viu de tudo mas caminha

Olha a vida..

Na água de um rio, cristalina e pura,

Que rega os campos

E a todos mata a secura.

Olha a vida...

Com os olhos com que nasceste.

Não a vejas

Com o olhar que aprendeste.

E quando um dia partires,

Podes crer...

VIVESTE.

 

 

sinto-me: preguiçosa
tags:
publicado por rodrigando às 00:56
link do post | comentar | favorito
18 comentários:
De Gusty a 18 de Outubro de 2009 às 09:40
Este seu poema é sabio.
É um daqueles que não poderia ser escrito por alguem de 20 anos...
Transmite sabedoria, conhecimento, vivencia...
Bom domingo
Gusty
De rodrigando a 18 de Outubro de 2009 às 17:17
Querida Amiga.
Por aqui como sabe, andam 62 anos de vida. Umas vezes alegre, outras nem tanto.
E não dizem que quando se chega a velho se volta a ser criança?
Ora eu, ou não cresci e fui sempre criança ou então envelheci muito rápidamente.
Acho que em toda a minha vida vivi sempre nos dois estágios. Acredito que foi isso que me deu força e coragem para reagir a tanto porque passei, sem endoidecer e sem desacreditar da vida e das pessoas.Um grande beijinho
De Sorriso a 18 de Outubro de 2009 às 10:49
Olá,
gostei muito deste poema. Muito bonito. E sábio também. Era bom que pudessemos pô-lo em prática, e podemos, mas não será fácil. :)

Já li o comentário, e como me pediste, não aprovei. Se quiseres que apague o primeiro, é só dizeres.
Fiquei um pouco triste com a história. Mas espero que agora as coisas estejam bem melhores. :)

Beijinhos
De rodrigando a 18 de Outubro de 2009 às 16:40
desculpa! Depois de o ter enviado é que reparei que era eu que o tinha publicado e não sei como tirá-lo. Estou tão mal disposta por tê-lo feito que até parece que...ufa! já está a passar. A dor fisica foi mesmo como se fosse ter um ataque cardiaco. Não gosto de me expor e ainda menos de expor os outros.
De Sorriso a 19 de Outubro de 2009 às 10:54
Mas já vi que o apagaste. Não tem problema, entendo perfeitamente que não te queiras expor (posso tratar-te por tu, não posso? É que só agora reparei que o fiz sempre, desculpa!). Aliás, se fosse eu, também não o queria, porque se trata de uma situação difícil.

Beijinhos :)
De rodrigando a 21 de Outubro de 2009 às 03:09
Claro que me podes tratar por tu! Apesar da nossa grande diferença de idades (quase posso ser tua avó) sempre soube que tratar alguém por tu não é falta de respeito é,sim,sinal de amizade e proximidade e isso nós temos.Um grande beijinho para ti.
De cuidandodemim a 18 de Outubro de 2009 às 15:07
Muito bonito o seu poema amiga. Senível e sábio. É assim que eu quero ver a vida. :)
Bjns
De cuidandodemim a 18 de Outubro de 2009 às 15:08
queria dizer sensível :)
De rodrigando a 18 de Outubro de 2009 às 17:01
Minha querida.Eu sei.Embora por vezes me sinta também assim "senivel" . Não sei se a palavra existe mas se não existia inventámo-la!
Todos nós queremos viver a vida assim mas, a verdade, é que não o conseguimos. Estamos no nosso dia a dia demasiado rodeados de maldade, de preconceitos, de educação negativa para que não acabemos contagiados.
As pessoas minhas amigas,que convivem de mais perto comigo, muitas vezes chamam-me a atenção porque eu, apesar de tudo o que já vivi e já sofri ,ainda não aprendi a não acreditar nas pessoas e na vida. Mas a verdade é que eu sou mesmo assim.Não acredito que as pessoas sejam más.Acredito que há situações em que as pessoas se sentem magoadas, frustradas, ofendidas e reagem mal de forma a defenderem-se.
E a verdade é que eu sinto-me mais feliz assim, acreditando. Mesmo que de vez em quando acabe por ter que dar razão a essas pessoas.
Mas não acredito,não consigo acreditar,que seria mais feliz vivendo a vida com um , ou os dois pés atrás,com medo de ser magoada.
Um grande beijinho

De Rosinda a 18 de Outubro de 2009 às 16:10
QUERIDA AMIGA... TÃO VERDADEIRO O SEU POEMA, SE NÓS PUDESSEMOS VER A VIDA COM OLHOS DE CRIAÇA COMO DIZ UMA NOSSA AMIGA: QUE BOM SERIA...
BEIJINHOS
De rodrigando a 18 de Outubro de 2009 às 17:08
Querida onix!
Pelo menos podemos tentar!
Todos temos uma criança dentro de nós e, de vez em quando, deixamo-la aparecer.
Porque não deixá-la aparecer mais vezes?
Se vivermos a vida com medo de sofrer, que é coisa que as crianças não têm, então não vivemos nem gozamos o que de bom ela tem para no dar.
Um grande beijinho
De Gusty a 18 de Outubro de 2009 às 18:42
Adelia se quiser apagar o comentario, eu explico-lhe por email.
Bjs
Gusty
De rodrigando a 18 de Outubro de 2009 às 20:35
Quero.Obrigada
De blogando-me1 a 18 de Outubro de 2009 às 20:04
Sábias palavras, mas que nem sempre o ser humano as põe em prática. Seria tudo tão mais fácil se olhassemos sempre pelo olhar de uma criança.

Bjs fofos
De blogear a 18 de Outubro de 2009 às 21:00
Minha Querida

Adorei o teu poema, exactamente com eu gosto, simples mas cheio , cheio de sabedoria, cheio de ..... cheio de..... (fiquei sem palavras)

Simplesmente Adorei.

Beijocas grandes e passa no teu email do sapito.
De rodrigando a 21 de Outubro de 2009 às 03:10
Obrigada.Um beijinho também para ti.
De tresgues a 19 de Outubro de 2009 às 09:37
Genuíno, como sempre!
(À parte: crianças sempre, mas não esquecendo o que já aprendemos, o que já errámos... Não é por aí! Penso eu.)
Boa semana para si.
De rodrigando a 21 de Outubro de 2009 às 03:15
Sem deixar de ter noção da minha proveta (?)( não me lembro se é assim que se escreve) idade às vezes e apenas por algum tempo, para não cair no ridiculo, sabe bem ser irreverente,como as crianças.
Uma boa semana para si também.Um grande abraço.

Comentar post

.mais sobre mim
.pesquisar
 
.Maio 2019
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31
.favorito

. PAI SE É POSSIVEL...

. SINA ...(?)

. PASSARAM-SE 34 ANOS

. EU MORO NA BRANDOA...

. ILUSÃO

. REVIRAVOLTAS

. HOJE

. TVI - PORQUE A SOLIDARIED...

. ONTEM FIZ

. OFICIALMENTE...

.tags

. todas as tags

.Música
Música
The Prayer - Celine Dion
.subscrever feeds