Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

rodrigando

Aqui falo de mim, dos que amo, dos meus sonhos, das minhas alegrias e tristezas e de tudo o que gosto...ou não.

rodrigando

Aqui falo de mim, dos que amo, dos meus sonhos, das minhas alegrias e tristezas e de tudo o que gosto...ou não.

A IMPORTÂNCIA DA EMPATIA

rodrigando, 25.09.09

 Um post, de uma amiga cintilante e iluminada, hoje deu-me que pensar.

Confunde-se muitas vezes Amizade e Empatia. Eu, pelo menos, fi-lo muitas vezes. Penso que a Empatia é o "sorriso" que nos cativa, que nos faz encontrar algo de diferente e especial numa pessoa , que nos atrai de forma a querermos aproximar-nos  e conviver com ela,a  tornar-mo-nos sua Amiga.

A Empatia é a identificação de mim mesma com um problema, com um comentário, com as palavras e a maneira de sentir de algumas pessoas.

Claro que não sinto, penso que ninguém sente, empatia por todas as pessoas. E é pena porque se calhar isso faria o mundo ser melhor, mais colorido ou mais monótono e pior, quem sabe?

Mas sentir Empatia com alguém tem sido  a minha base para a Amizade. Claro que essa Empatia nem sempre é recíproca. É natural e é lógico que assim seja.

A Amizade vem , ou não, depois com o aprofundar do conhecimento.

Ás vezes fico só pela empatia inicial e, como não aprofundo raízes, mais tarde ou mais cedo

perco o contacto. Mas alguém que passou pela minha vida, mesmo que tenha sido só "de raspão", deixou uma marca. E tenho muitas marcas dessas que às vezes recordo e de que também sinto saudades. Por vezes dou comigo a pensar em pessoas que não vejo ou de quem perdi o contacto há imenso tempo e a pensar quanto gostaria de saber delas.

Depois há o contrário...

A amizade construída ao longa dos anos, das vivências e que a vida, pelas suas razões, às vezes afasta.

Há dias, uma amiga de juventude que, apesar de vivermos relativamente perto, raramente nos vemos, veio ter comigo para me dar a notícia de que o filho, estudioso, brilhante, com 2 cursos universitários, tinha decidido deixar tudo para entrar nos Jesuítas.

Ela sabe que eu não sou Católica mas a amizade e o Respeito mútuo ultrapassa esta  barreira e sabia que eu ficaria feliz por o Filho ter tomado uma decisão para a Vida, que o fará estar ao Serviço dos Outros, tal como ele sempre quis,embora doutra forma.

Claro que fiquei muito surpreendida! Nunca me passaria pela cabeça que aquele Jovem deixaria um futuro brilhante e promissor,  para abraçar um sacerdócio.

FIQUEI FELIZ, por Ele, pelos Pais e por mim, que tenho Amigos que nos momentos bons e maus partilham comigo.

Esta é para mim a diferença entre a AMIZADE E A EMPATIA.

É por isto que eu sei que AQUI, depois de EMPATIA  inicial, estou a CONSTRUIR AMIZADES.

Para todas (os) vós um abraço daqueles.....  e     um Rodriguinho        

 

 

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.