Aqui falo de mim, dos que amo, dos meus sonhos, das minhas alegrias e tristezas e de tudo o que gosto...ou não.



Contador de visitas
.Contador

contador

SELO À AMIZADE

.Os Meus amigos



Maripossa


:: Onix ::

San
Sentidos Proibidos Mª
Cuidando de Mim
Da Planície
Tina
Coisas de Mulher
Em busca da Felicidade



.posts recentes

. FELIZ DIA DA MÃE

. DE VOLTA? TALVEZ

. PAI SE É POSSIVEL...

. Morreu em HOMEM!!!

. SINA ...(?)

. EM TEMPO DE PÁSCOA E REFL...

. PARABÉNS FILHO

. PASSARAM-SE 34 ANOS

. EU MORO NA BRANDOA...

. CHEGOU A PRIMAVERA

.arquivos

. Maio 2013

. Fevereiro 2013

. Abril 2012

. Março 2012

. Novembro 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Novembro 2008

Quinta-feira, 19 de Abril de 2012
SINA ...(?)

... mais uma vez, o povo português, vai ter que emigrar.

Já não vai "a salto" mas em sobressalto leva o coração

 

Chorando de dor, lágrimas de amor, segue novos trilhos

Leva na bagagem a fé, a coragem e a fome dos filhos.

 

E à terra "madrasta", que o mata e desgasta e não lhe dá pão...

Ele não a condena.Quem a (des)governa é que é o Vilão.

 

E mais uma vez vai o Português de mala na mão.

Leva na bagagem a Fé e a Coragem, deixa o coração.

 

{#emotions_dlg.unheart}

 

 

 

 

 

 

 

publicado por rodrigando às 13:41
link do post | comentar | favorito
|
5 comentários:
De luadoceu a 19 de Abril de 2012 às 15:18
é triste partir da terra que nos viu crescer,para outra que não nos conhece
esta bem,que tudo e uma questão de mudança e tempo,mas deve custar imenso ter de sair para não passar fome, pois portugal esta como esta
beijinhos adelia
De rodrigando a 19 de Abril de 2012 às 18:02
Olá Lua - como estás tu, a menina e o marido?
Quando se parte de livre vontade para tentar melhor vida é uma coisa, quando se tem de partir porque é preciso pagar contas, dar de comer aos filhos e não perder a casa, é outra completamente diferente. O sentimento de raiva e revolta é tão grande que não imaginas. Neste momento daqui da rua saíram três chefes de família. Foram sós. As milheres ainda (?) têm trabalho e as crianças não podem deixar a escola. Como pode o nosso país crescer e evoluir se os Quadros é que estão a emigrar? Os outros com menos estudos e condições já partiram há muito.
Como vamos reerguer-nos?
Um beijinho grande.
De luadoceu a 19 de Abril de 2012 às 18:31
Estamos os 3 bem,mas ando um pouco cansada psicologicamente,mas passa

Eu tb não concordo com as pessoas irem para fora do país
Mas tb passar fome e que não
Ficam as saudades e ferias,para "matar" saudades
Mas custa ver um país que não cresce economicamente e ainda as pessoas, poucas que temos irem para fora para sustentarem as famílias, que remédio, mas sao homens coragem que ainda conseguem sair fora do país,homens e famílias coragem
Beijinhos
De Rosinda a 19 de Abril de 2012 às 20:50
Como sabes tenho dois filhos imigrantes há 20 anos. Os netos vão crescendo sem conviver com eles e os filhos aos poucos vão "arrefecendo". é o mal da distância...
Portanto amiga eu gostaria que ninguém tivesse de sair de Portugal para poder viver melhor, mas se fosse mais nova era o que fazia. É triste passar a vida a contar tostões...
Beijinhos
Rosinda
De rodrigando a 20 de Abril de 2012 às 01:37
Tens razão amiga é mesmo triste.Eu, se fosse mais nova já o teria feito há muito mas te-lo-ia feito por opção não por necessidade absoluta. Como sabes um dos meus filhos também emigrou há anos e durante muito tempo não soube dele Só Deus sabe as voltas que dei para o encontrar e o que sofri. Mas actualmente o que me doi e me mete raiva é que agora mais uma vez somos obrigados a fazê-lo para sobrevivermos. Pagamos a factura do que não comemos,não bebemos e pagamos o que não pedimos nem usufruímos. E saímos porque neste país já não há trabalho para quem quer e precisa de viver com dignidade.
Neste momento a minha filha está desempregada,com um filho, a riscos de ter que entregar a casa ao senhorio e sem saber quando voltará a ter trabalho. É duro vê-la sair à procura de trabalho e vê-la voltar derrotada.
Enfim...talvez o único caminho para ela seja mesmo dizer adeus ao filho e partir.
Um grande abraço amiga e uma noite tranquila.

Comentar post

.mais sobre mim
.pesquisar
 
.Maio 2013
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31
.favorito

. PAI SE É POSSIVEL...

. SINA ...(?)

. PASSARAM-SE 34 ANOS

. EU MORO NA BRANDOA...

. ILUSÃO

. REVIRAVOLTAS

. HOJE

. TVI - PORQUE A SOLIDARIED...

. ONTEM FIZ

. OFICIALMENTE...

.tags

. todas as tags

.Música
Música
The Prayer - Celine Dion
.subscrever feeds