Aqui falo de mim, dos que amo, dos meus sonhos, das minhas alegrias e tristezas e de tudo o que gosto...ou não.



Contador de visitas
.Contador

contador

SELO À AMIZADE

.Os Meus amigos



Maripossa


:: Onix ::

San
Sentidos Proibidos Mª
Cuidando de Mim
Da Planície
Tina
Coisas de Mulher
Em busca da Felicidade



.posts recentes

. FELIZ DIA DA MÃE

. DE VOLTA? TALVEZ

. PAI SE É POSSIVEL...

. Morreu em HOMEM!!!

. SINA ...(?)

. EM TEMPO DE PÁSCOA E REFL...

. PARABÉNS FILHO

. PASSARAM-SE 34 ANOS

. EU MORO NA BRANDOA...

. CHEGOU A PRIMAVERA

.arquivos

. Maio 2013

. Fevereiro 2013

. Abril 2012

. Março 2012

. Novembro 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Novembro 2008

Segunda-feira, 7 de Fevereiro de 2011
CADERNOS VELHOS
Prayer

 

Hoje decidi por-me a arrumar gavetas.

Deito sempre coisas fora ou porque já não as uso ou porque com o tempo perderam o interesse que me fez guardá-las.

Numa das gavetas encontrei alguns cadernos velhos.

Foram escritos em dias de inspiração. Têm poemas, pequenos contos e até frases ou pequenos incidentes do dia a dia.

Gosto de relê-los e reviver os momentos em que os escrevi.

E porque a vida é realmente feita de momentos, hoje sorri, ri e chorei.

Mas não fui capaz de deitar nenhum deles fora.

Apesar de alguns me trazerem recordações dolorosas senti que se o fizesse estaria a deitar fora pedaços da minha vida.

E lá voltei a arrumá-los direitinhos no fundo da gaveta.

E senti que, quando eu partir, aqueles cadernos continuarão guardados numa outra qualquer gaveta.

publicado por rodrigando às 16:10
link do post | comentar | favorito
|
11 comentários:
De luadoceu a 7 de Fevereiro de 2011 às 19:18
adelia
ainda nao sou capaz de deitar fora o que com tanto cuidado guardei...roupa sera diferente,mas por ex dei calças que na altura da gravidez n me serviam,hoje serviam,mas prontos,tb ja me deram muita coisa,mal tb n fiz,nem me arrependo,paciencia

sao me recordaçoes...sejam cartas recebidas,postais....estao la,para serem recordadas,faço mal ou bem,nao sei,e minha maneira de ser

mas e bom recordar,faz parte da vida,termos bons momentos e assuntos que escrevemos que nos tocam,fizeste bem em guardar.....

e ha tempo sempre para arrumar gavetas,eu de vez enquando tb o faço e ai e tempo de recordar,ja se sabe de relembrar

bjinhos
De rodrigando a 10 de Fevereiro de 2011 às 02:57
Tenho lá escritas coisas de que já não me lembrava. Algumas já não me dizem nada mas na maioria dos casos são memórias da vida.
Quanto aos "trapos" e outros utensilios não sou amiga de guardar trastes.
Estragam-se, deito-os fora.
Deixam de servir passo a outros.
Um abraço
De a 7 de Fevereiro de 2011 às 21:02
Eu também gosto de dar volta ás coisas de vez em quando. Ás vezes, essas coisas simples, têm o poder de nos transportar para outros tempos.
E é sempre bom recordar. "Recordar é viver".
Beijinhos
De geriatriaaminhavida a 8 de Fevereiro de 2011 às 17:07
Eu tambem faço isso em relação às fotografias.
Mesmo sendo de pessoas que já não fazem parte da minha vida costumo guarda-las.
E é o conselho que dou á minha filha, que nunca queime ou rasgue fotos, ou cartas mesmo que essas pessoas a tenham magoado .
Podem não fazer parte da nossa vida, mas já fizeram.
Beijinhos
De rodrigando a 10 de Fevereiro de 2011 às 03:01
Fotos também costumo guardar todas. às vezes ponho-me a olhar para algumas e já não me lembro quem são mas guardo-as mesmo assim.
Às vezes olho para as que os meus filhos tiraram no infantário e nas escolas e acho imensa graça ver aquelas miudos, como eles eram e como são agora.
Um gande abraço.
De Anónimo a 9 de Fevereiro de 2011 às 17:31
Ola Adelia querida.
Eu tb guardo pedaços de mim. Por vezes tenciono reciclar tudo , mas... fico a pensar(tb) alguém algum dia irá ter guardado com carinho os meus pedaços de vida, memorias, experiências vividas. Percebi que tem estado um pouco triste, espero encontra-la melhor agora.
Bjs aquele abraço
Gusty
De rodrigando a 10 de Fevereiro de 2011 às 03:07
Minha querida amiga, qu e saudades!
Estes ultimos dias foram realmente marcados pela tristeza e pela dor mas também já por recordações que ficaram e nos vão marcar para o resto da vida.
Quanto à saúde vai andando com Abril a aproximar-se.
Fiz análises recentemente e ainda não estão prontas mas penso que vão mostrar melhoras.
Continuo magra mas a recuperar as forças.
Já começo a estar mais na minha casa e a tratar da minha vida.
A reforma ainda não chegou mas penso que não deve tardar.
E as nossas amigas Freda e Renata, como estão?
E a sua saúde? Tem noticias boas?
Um abraço bem apertadinho.
De cuidandodemim a 10 de Fevereiro de 2011 às 13:41
Também eu tenho muito apego ao que tenho religiosamente guardado, àquilo que me toca o coração, àquelas memórias que sabemos que estão bem guardadas num cantinho do nosso coração. São aqueles momentos sentimentais, mas que foram só nossos, alegrias e dores, não importa, são os nossos momentos e vivências, sentimentos e histórias da nossa vida que estão retratados naqueles cadernos...
bjns
De rodrigando a 10 de Fevereiro de 2011 às 15:55
E que com o passar do tempo avivam-nos a memória.
Quando um dia partirmos serão bocadinhos de nós que ainda ficam.
Um abraço
De tresgues a 11 de Fevereiro de 2011 às 15:17
Adoro, adoro, guardar tudo isso e rever de vez em quando. Cadernos da escola da minha mãe ainda cá estão guardadinhos para a posteridade. Agora imagine os meus e os da minha filha... Um must tudo isso.

PS: Abril está quase e... logo a seguir vem aquele bom tempo do Maio que lhe vai trazer um mês irrestível. Vai ver.
(Digo eu... que até nem sou astróloga, nem cartomante, nem nada. Apenas... acredito nisso tudo. E, a grande maioria das vezes - quando não falha - , bate certo;)
Bjinhos e bom fim-de-semana
De Tina a 11 de Fevereiro de 2011 às 22:32
Gostei desta tua história...são, de facto, retalhos de nossa vida que guardamos com muito carinho, mesmo os triste...mas que fazem pare de nós!
Beijinhos amiga e bom fim de smana!

Comentar post

.mais sobre mim
.pesquisar
 
.Maio 2013
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31
.favorito

. PAI SE É POSSIVEL...

. SINA ...(?)

. PASSARAM-SE 34 ANOS

. EU MORO NA BRANDOA...

. ILUSÃO

. REVIRAVOLTAS

. HOJE

. TVI - PORQUE A SOLIDARIED...

. ONTEM FIZ

. OFICIALMENTE...

.tags

. todas as tags

.Música
Música
The Prayer - Celine Dion
.subscrever feeds