Aqui falo de mim, dos que amo, dos meus sonhos, das minhas alegrias e tristezas e de tudo o que gosto...ou não.



Contador de visitas
.Contador

contador

SELO À AMIZADE

.Os Meus amigos



Maripossa


:: Onix ::

San
Sentidos Proibidos Mª
Cuidando de Mim
Da Planície
Tina
Coisas de Mulher
Em busca da Felicidade



.posts recentes

. FELIZ DIA DA MÃE

. DE VOLTA? TALVEZ

. PAI SE É POSSIVEL...

. Morreu em HOMEM!!!

. SINA ...(?)

. EM TEMPO DE PÁSCOA E REFL...

. PARABÉNS FILHO

. PASSARAM-SE 34 ANOS

. EU MORO NA BRANDOA...

. CHEGOU A PRIMAVERA

.arquivos

. Maio 2013

. Fevereiro 2013

. Abril 2012

. Março 2012

. Novembro 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Novembro 2008

Segunda-feira, 3 de Janeiro de 2011
IDOSOS MAIS FELIZES. Yupiiiiiii

Há dias vi num canal de Tv uma reportagem em que se dizia que as pessoas a partir dos 60 anos se consideravam mais felizes.

Não sei como é com os outros mas comigo é verdade.

A partir de certa idade comecei a desvalorizar umas coisas e a dar valor a outras.

A família tornou-se ainda mais importante. Não precisamos de festejar nada, basta estarmos juntos.

A minha casa, velhota, já a apresentar muitas marcas da sua construção clandestina, começou a tornar-se mais agradável para mim e cada vez a ser mais dificil estar longe.

O trabalho, que toda a vida teve uma importância muito grande, relativizou-a. Eu bem sei que numa altura em que tanta gente está sem trabalho muitos não pensarão assim e têm razão porque para mim ele chegou a ser um "escape".

Dinheiro é muito importante. Sobretudo quando nos dá a hipótese de concretizar certas aspirações. Mas eu nunca fui muito ambiciosa e, por meu bem ou por meu mal, sempre me contentei com o que tinha.

Saúde, essa sim nunca perdeu a importância, sobretudo depois de a ter perdido.

Morte, não a quero mas não a temo. Já não tenho ninguém dependente de mim, embora gostasse de ver a vida dos meus filhos estabilizada e os netos crescidos.

Sonhos ainda tenho muitos que gostava de um dia poder realizar mas já não sonho com impossiveis.

Em resumo: estou de bem comigo, com a vida e, sobretudo, com Deus.

E sim, no que me diz respeito, sinto-me mais feliz.

publicado por rodrigando às 22:48
link do post | comentar | favorito
|
16 comentários:
De luadoceu a 4 de Janeiro de 2011 às 12:41
e isso que importa amiga
estarmos de bem connosco, com a vida e com pouco que temos, mas que construimos com amor
que tenhas um feliz 2011, com todo esse espirito de mulher forte e de armas que es, com um interior lindo, cheio de amizade e amor a dar
amiga, gosto de ti
nao e preciso muito para ser feliz n e? e a idade, a vida, a experiencia, a sabedoria, a maturidade, nos modificam de ano para ano e sempre para melhor...bem hajas
feliz 2011 e desejo que tenhas sobretudo saude e sejas sempre feliz
De rodrigando a 4 de Janeiro de 2011 às 16:25
Olá Lua
Há coisas pequeninas que nos consomem tempo e paciência.
Paciência eu tenho para aquilo que a merece e me dá prazer como os meus trabalhos manuais, os meus livros e os meus hobbies.
Tempo não sei quanto tenho por isso tenho que aproveitar cada dia para aquilo que me dá prazer, como gozar a presença dos que amo.
Um abraço apertado.
E os nossos meninos fazem mais um mês, 17. Como o tempo passa!
De a 4 de Janeiro de 2011 às 16:01
Olá amiga,
Sabes, quando estamos bem connosco tudo fica mais fácil. É isso que se passa contigo. Felizmente conseguiste. Eu também espero vir a conseguir.
Beijinhos e Feliz Ano Novo
De rodrigando a 4 de Janeiro de 2011 às 16:26
Consegui mais um ano de vida e a esperança de cura mantem-se.
Foi um ano duro e doloroso mas que passou.
Confio que ainda hei-de vivver muitos outros.
Um abraço grande.
De Rosinda a 4 de Janeiro de 2011 às 16:35
Adélia minha amiga, sabes que até te entendo porque de alguma forma me sinto um pouco assim, pena que atingimos esse estado de paz com a vida com esta idade, devia ser mais cedo para aproveitarmos a vida com mais sabedoria...
Agora cada dia tem realmente o valor que tem e espero que ainda por longos anos possas disfrutar de tudo o que te faz feliz.
Um grande abraço
Rosinda
De rodrigando a 4 de Janeiro de 2011 às 18:17
Olá Amiga
Acho que antes era realmente dificil consegui-lo.
Temos a preocupação com os filhos, com a familia, com o trabalho, rentabilizar o dinheiro etc.
Tudo nos preocupava e queriamos sempre um pouco mais e um pouco melhor. Não que isso tenha algo de mal,claro.
Agora estabilizámos.
Vemos os mais novos a ter essas preocupações e dentro das nossas possibilidades ajudamo-los.
Há dias a minha filha disse que a vida dela seria bem mais dificil se não tivesse a mãe e a sogra a apoiá-la. A Eva diz o mesmo.
Eu não tive mãe nem sogra a fazê-lo, embora ambas morasssem bem perto. Sei que a maioria das mulheres da minha geração passaram pelo mesmo. Talvez por isso os compreendamos melhor.
Depois há a sabedoria que a vida nos deu e que as experiências boas e más que vivemos nos ensinou.
Mas eu sei de pessoas a quem a vida não conseguiu ensinar nada e continuam a preocupar-se com o dia de amanhã, a intrometer-se na vida dos filhos e a querer que eles vivam hoje da mesma forma como nós vivemos há 20 ou 30 anos.
Em resumo não vivem nem usufruem do que têm e se for possivel ainda se queixam.
Mas nós, se fôr da vontade de Deus, apenas atingimos metade da nossa vida e teremos muiiiiiiiiiitos anos para a disfrutarmos.
Um abraço apertado
De blogear a 4 de Janeiro de 2011 às 21:08
Olá minha Linda

E como eu gosto de te ver assim

Fico mesmo muito muito Feliz

Continua assim

Beijocas grandes desta tua amiga que te Adora

De Bete do Intercambiando a 4 de Janeiro de 2011 às 22:44
Amiga
É exatamente assim que me sinto: Totalmente em paz comigo mesma...Estou com 55 anos, já fui bem mais bonita, bem mais endinheirada, bem mais amada, mas acho que em nenhum tempo estive tão bem!
Um grande Abraço
De Tina a 5 de Janeiro de 2011 às 10:55
Olá, Adélia!
Gostei da tua análise de VIDA!...muito ponderada, inteligente, objectiva...enfim, com maturidade, com sabedoria!
De facto, a partir duma determinada idade há pequenos pormenores na vida que não valorizamos tanto, mas em contrapartida realçamos outros que nos preenchem e que passam despercebidos a tantos...
Gostei do que li!
Desejo-te um BOM ANO, junto de tua família e que a saúde vá melhorando!
Beijinhos,Adélia!
De rodrigando a 5 de Janeiro de 2011 às 17:01
Olá Tina
Afinal parece que é mesmo verdade que somos mesmo mais felizes e não sou só eu a confirmá-lo.
Feliz Ano de 2011 também para ti e todos os teus com amor e principalmente Saúde para todos. Eu continuo à espera de Abril para saber os resultados do tratamento mas espero tranquila...por agora.
Um abraço
De Tina a 5 de Janeiro de 2011 às 20:20
Olá, Adélia!
Desejo que tudo te corra pelo melhor e que vás recuperando!
Eu tb tenho este problema no fígado e ainda não recuperei totalmente...nem medicação posso tomar para baixar o colesterol...e tenho abusado estes dias...agora vou tentar recomeçar na dieta...!
Tuas melhoras, Adélia e tudo de BOM para ti!
Gostei de te ler!
FORÇA!
Um grande abraço pra ti!
De cuidandodemim a 6 de Janeiro de 2011 às 13:04
Viver uma vida que tenha significado é o melhor alimento para a alma.
É o que lhe desejo.
Bjns
De Anónimo a 6 de Janeiro de 2011 às 21:35
Ola querida amiga Adelia.
Gostei mt do que escreveu.
Não haja duvida que a idade nos traz sabedoria e o saber viver com mais qualidade. Eu ainda estou nos quarenta, mas ja vivo com alguma serenidade. Não sou rica, trabalho para viver mas não anseio na vida mais do que ela me dá. não sou materialista, não sou peneirenta, não vivo a pensar o que vou vestir no dia a seguir...não vivo de aparências, e não vivo de ilusões, vivo o meu dia-a-dia do trabalho para casa, casa para o trabalho. Convivo diariamente com mta gente aqui no meu local de trabalho, daí eu gostar de estar na minha casinha. De vez em quando saio aos fins de semana, vou conhecer um cantinho Português pq tb acho que mereço!
Acabei agora de ter uma conversa com uma enfermeirinha ao qual acabei a minha intervenção dizendo que cada vez acredito mais em Deus, pq nós sem ele nada somos. E não sou de ir a igrejas e rezar. Acho que converso mais com Ele do que rezo. Também neste assunto estou mais madura. A vida é uma escola e eu estou só ainda a tirar o curso para saber vive-la melhor e com discernimento e entendimento.
Bjokitas, um excelente Ano 2011.
E aquele abraço apertadinho de sempre.
Gusty
De tresgues a 9 de Janeiro de 2011 às 00:00
E tudo está bem quando está assim! ;)
E eu gostei de saber tudo isso.
Continuação de boas energias.
Continuação de bom ano.
Bom domingo. :)
De rodrigando a 11 de Janeiro de 2011 às 03:28
Um abraço grande.
De rodrigando a 11 de Janeiro de 2011 às 03:28
Amiga Querida
Que prazer vê-la por aqui.
Realmente a vida é uma escola e ensina-nos aquilo que nós deixamos.
Também há muito que não frequento qualquer Igreja mas parece-me que cada vez mais Ele está presente na minha vida e no meu dia a dia.
Também não rezo mais do que o Pai Nosso mas conversar com Ele faço-o muito, embora também saiba que Ele sabe melhor do que eu aquilo de que preciso. Mas dizer-Lhe obrigada normalmente não esqueço.
Prazer em recebê-la aqui e que 2011 lhe traga a satisfação de todos os desejos.
Um abraço apertado.

Comentar post

.mais sobre mim
.pesquisar
 
.Maio 2013
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31
.favorito

. PAI SE É POSSIVEL...

. SINA ...(?)

. PASSARAM-SE 34 ANOS

. EU MORO NA BRANDOA...

. ILUSÃO

. REVIRAVOLTAS

. HOJE

. TVI - PORQUE A SOLIDARIED...

. ONTEM FIZ

. OFICIALMENTE...

.tags

. todas as tags

.Música
Música
The Prayer - Celine Dion
.subscrever feeds