Aqui falo de mim, dos que amo, dos meus sonhos, das minhas alegrias e tristezas e de tudo o que gosto...ou não.



Contador de visitas
.Contador

contador

SELO À AMIZADE

.Os Meus amigos



Maripossa


:: Onix ::

San
Sentidos Proibidos Mª
Cuidando de Mim
Da Planície
Tina
Coisas de Mulher
Em busca da Felicidade



.posts recentes

. FELIZ DIA DA MÃE

. DE VOLTA? TALVEZ

. PAI SE É POSSIVEL...

. Morreu em HOMEM!!!

. SINA ...(?)

. EM TEMPO DE PÁSCOA E REFL...

. PARABÉNS FILHO

. PASSARAM-SE 34 ANOS

. EU MORO NA BRANDOA...

. CHEGOU A PRIMAVERA

.arquivos

. Maio 2013

. Fevereiro 2013

. Abril 2012

. Março 2012

. Novembro 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Novembro 2008

Sexta-feira, 11 de Junho de 2010
NOITES BRANCAS (15)

Mais uma noite em branco

A pensar, a repensar,

A imaginar.

Se eu soubesse...

Se eu pudesse...

Tudo seria diferente.

 

E, no entanto,

Nada se pode mudar.

Foi assim, aconteceu.

A dor, com o tempo,

Fica diferente.

Está cá mas está dormente.

 

- "Ai se fosse hoje!..."

Mas o hoje é já  chegado,

Um novo dia  nasceu.

E o meu corpo, de cansado,

Num leito todo enrolado,

Finalmente... adormeceu.

publicado por rodrigando às 00:02
link do post | comentar | favorito
|
17 comentários:
De Chicailheu a 11 de Junho de 2010 às 04:51
Lindo Poema e veio de encontro ao que sinto neste momento.
Parabéns
Beijos e amizade
Chicailheu
De rodrigando a 11 de Junho de 2010 às 22:41
Quando deixamos o coração falar encontramos sempre eco noutro.
Um beijinho grande para si também.
De blogear a 11 de Junho de 2010 às 10:23
Adorei este poema

Uma grande beijoca Linda e uma óptima sexta feira
De rodrigando a 11 de Junho de 2010 às 22:39
Então que tal a tal jantarada? Pensavas que me tinha esquecido?
Bom fim de semana também para ti. Um beijinho.
De Rosinda a 11 de Junho de 2010 às 11:47
Amiga, bonito este teu poema... mesmo muito.
Ai se fosse hoje, dirá muita gente... mas pouco faria diferente...
Beijinho e um abraço...
De rodrigando a 11 de Junho de 2010 às 22:37
Amiga
Há alturas da nossa vida que temos mesmo que mudar de rumo senão corremos o perigo de desaparecermos,até mesmo fisicamente.
E a maioria das pessoas tem medo de mudar.
Eu também tive,sobretudo porque tinha comigo uma criança de 12 anos e deixava outros 2 para trás que, embora apoiando-me de alma e coração, ficaram no inferno mais 1 ano, que foi o tempo que levei a criar condições para voltarem para mim.
Nesse tempo quantas noites passei em branco a imaginar o que eles estariam a passar.
Mas felizmente já tudo passou e, como digo no poema, a dor não desapareceu mas está adormecida e embora não queira acordá-la, há noites em branco.Um abraço amiga.Bom fim de semana.
De tresgues a 11 de Junho de 2010 às 11:50
Verdadeiro e simples... Gostei.
Como sempre.
Bom fim-de-semana.

De rodrigando a 11 de Junho de 2010 às 22:29
Obrigada.
Embora sem arraiais, bom fim de semana também para si.
Aí consegue apanhar as Marchas? Amanhã vou vê-las na Tv.
De tresgues a 15 de Junho de 2010 às 10:02
Consigo, sim. Via net.
De luadoceu a 11 de Junho de 2010 às 12:28
Que bonito Adelia
Infelizmente o passado nao mudamos, vivemos o presente e podemos melhorar um pouco o futuro,sobretudo com qualidade de vida
Mta,mta saude para ti,amiga,ja tens ultrapassado muito na vida,com muita garra e vontade
Bjo gdre
De rodrigando a 11 de Junho de 2010 às 22:26
O passado não é,na minha opinião, para esquecer. Senão como reteríamos as lições que ele nos deu?
Temos que o ultrapassar,sobretudo as coisas más e, com as coisas boas que aprendemos, fazer por viver melhor o presente e, se possivel, preparar o futuro.
Porque tudo na nossa vida é importante.
Com as coisas más temos que aprender a compreender melhor os outros, a aceitá-los tal como são e, se não podemos mudar nada, então mudamos nós de caminho.
Foi o que eu fiz.
Um beijinho para os três e bom fim de semana.
De Fátima Soares a 11 de Junho de 2010 às 17:55
Olá amiga Adélia! O que muitos de nós dizrm a si mesmo e continuam sempre a cair no mesmo. Mas a vida é isto mesmo e talvez nisso resida a sua beleza e a sua sabedoria e ser-nos dada a oportunidade de mudar. Adélia muito obrigado pelas visitas enquanto estive doente. Ainda não estou a 100% mas tenho mesmo que arrepiar caminho e deixar de ser como sou...só me traz noites em branco e tudo isto que por mais belo que seja faz mal. Obrigado em meu nome. No das minhas filhas, agradeço o carinho e a preocupação o manifestar de apoio e do que realmente interessa. Ver nascer um novo dia com tranquilidade. Mtos bjs
De rodrigando a 11 de Junho de 2010 às 22:17
Fátima
Que bom ter-te de novo aqui.
Desacelera um pouco,amiga. O nosso coração não merece certas coisas que nós lhe fazemos,sabes? Depois quando ele se queixa nós assustamo-nos e é bom que assim seja porque nem todos têm tempo para se assustar.
As tuas filhas são lindas e tanto quanto me apercebi um tanto parecidas com a mãe.
Que bom elas terem ido dando noticias. E as noticias de hoje? Quando é que as dizes?
Espero que o pior já tenha passado e que também para ti esteja a surgir um novo e radioso dia.
Um grande abraço e vai devagarinho,ouviste?
De Sonhosolitario a 11 de Junho de 2010 às 22:07
olá amiga rodrigando passei para te deixar um beijinho e desejar-te muita felicidade
quando eu tiver mais tempo e uma net melhor virei por cá ,obrigado
sonhosolitario
De rodrigando a 11 de Junho de 2010 às 22:10
Serás sempre bem recebido Sonho.
Um beijinho para ti também.Bom fim de semana.
De Tina a 12 de Junho de 2010 às 18:56
Por vezes...de tanto pensar, tanto chorar, tanto imaginar, tanto sofrer, acabamos por adormecer mesmo.....E, ao acordarmos, até gostaríamos de continuar embaladas no pensar, no chorar, no imaginar.... para continuarmos desligadas da vida, da realidade que está tão presente!
Parabéns pelo teu poema, que se sente vir do fundo de teu coração! Muito LINDO!
Bom fim-de-semana, Adélia!
De rodrigando a 12 de Junho de 2010 às 23:17
Amiga
Os meus poemas são sempre situações vividas. E, como dizes, seria tão bom que não acordassemos sem ter também esquecido.
Um grande abraço e bom fim de semana.

Comentar post

.mais sobre mim
.pesquisar
 
.Maio 2013
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31
.favorito

. PAI SE É POSSIVEL...

. SINA ...(?)

. PASSARAM-SE 34 ANOS

. EU MORO NA BRANDOA...

. ILUSÃO

. REVIRAVOLTAS

. HOJE

. TVI - PORQUE A SOLIDARIED...

. ONTEM FIZ

. OFICIALMENTE...

.tags

. todas as tags

.Música
Música
The Prayer - Celine Dion
.subscrever feeds