Aqui falo de mim, dos que amo, dos meus sonhos, das minhas alegrias e tristezas e de tudo o que gosto...ou não.



Contador de visitas
.Contador

contador

SELO À AMIZADE

.Os Meus amigos



Maripossa


:: Onix ::

San
Sentidos Proibidos Mª
Cuidando de Mim
Da Planície
Tina
Coisas de Mulher
Em busca da Felicidade



.posts recentes

. FELIZ DIA DA MÃE

. DE VOLTA? TALVEZ

. PAI SE É POSSIVEL...

. Morreu em HOMEM!!!

. SINA ...(?)

. EM TEMPO DE PÁSCOA E REFL...

. PARABÉNS FILHO

. PASSARAM-SE 34 ANOS

. EU MORO NA BRANDOA...

. CHEGOU A PRIMAVERA

.arquivos

. Maio 2013

. Fevereiro 2013

. Abril 2012

. Março 2012

. Novembro 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Novembro 2008

Segunda-feira, 30 de Novembro de 2009
ADEUS, JULINHA

 Estou doente.

O fim de semana a partir de domingo à tarde foi muito doloroso com a agravante de que estava em casa do filho mais velho e tinhamos combinado ir escolher a prenda de natal para eles.

Fomos, com grande sacrificio meu, escondido deles com o brincar com o bebé, empurrando o carrinho para ter onde me segurar e,como se isso não bastasse, a filhota fez ontem 23 anos e tinha combinado com os irmãos e os sogros irmos lá a casa comer um bocadinho de bolo.

Mas passou-se.

Hoje devia ter ido ao Hospital fazer análises de rotina mas nem sequer consegui levantar-me.

Para completar faltava a notícia pior.

Ao ligar o telemóvel tinha seis mensagens de diferentes colegas a dizer:

 

A JULINHA DEIXOU-NOS.

 

Era uma colega muito querida de todos, professores, colegas e alunos. 

Era uma pessoa "sui generis" sempre com histórias novas de quando era menina. Contadas com todos os pormenores como se os estivesse ainda a viver. Se, por qualquer razão, tivessemos que nos afastar, no regresso ela recomeçava a história exactamente no mesmo pormenor aonde a deixara.

Chata? Não, DEFINITIVAMENTE, NÃO.

AMOROSA, BRINCALHONA,CALMA, AMIGA DO SEU AMIGO. Com uma maneira muito própria de lidar com os alunos  que lhe chamavam Julinha.

Nós brincávamos dizendo que, devido à sua calma, nunca morreria do coração. Pois esse maroto há anos pregou-lhe uma partida e obrigou-a ao uso dum pacemaker.

Agora foi uma doença ainda pior, que a foi corroendo e que a levou.

Resta-nos consolarmo-nos pensando que deixou de sofrer. Nos últimos dias,sempre que alguma de nós a via, mal a reconhecia, de tão diferente que estava fisicamente.

Mas o seu espírito mantinha-se o mesmo.

 

JÚLIA, FELIZ NATAL COM JESUS.

 

 

 

sinto-me: muito triste
tags:
publicado por rodrigando às 13:08
link do post | comentar | ver comentários (25) | favorito
|
1º Aniversário ou talvez não?

 Sinto-me um bocado confusa.

É que faz hoje um ano que abri este blog e coloquei o 1º post mas depois estive quase 5 meses sem escrever nada.

Afinal faço um ano de blog, ou não?

Mas que grande confusão!

De qualquer modo apetece-me festejar e se só fizer um ano daqui a 5 meses...festejo outra vez, pois então. 

Por isso, para mim, que por aqui ando a escrever uns quantos disparates...

Para todas vós que se dão a trabalho de os ler e que,mesmo assim,se tornaram MINHAS e MEUS AMIGOS...

 

Aniversario

 

                      

sinto-me: aniversariante ou talvez não?
publicado por rodrigando às 00:03
link do post | comentar | ver comentários (14) | favorito
|
Sexta-feira, 27 de Novembro de 2009
27 de NOVEMBRO...

 Parabéns meu irmão!

60 anos?  Ena pá, tanta vela para apagar!

Mas espero que apagues estas e muitas outras em muitos outros anos vindouros.

Com a tua saúde totalmente recuperada. (Eu sei que ainda andam por aí uns bocadinhos menos bons mas também eles vão passar, verás).

Se eu encontrasse por aí algures, oferecia-te um macinho de cigarros...DE CHOCOLATE!!! (he,  he,  he,) ,pois que pensavas tu?

Goza bem este dia.

Um grande xi-coração

 

                                                                     

sinto-me:
publicado por rodrigando às 01:42
link do post | comentar | ver comentários (8) | favorito
|
Quinta-feira, 26 de Novembro de 2009
POR ONDE ANDA O ESPIRITO DE NATAL?

 

 

 

 

 Há muitos, muitos anos, quando eu era jovem, trabalhava na Baixa de Lisboa.

Nesse tempo todos trabalhávamos  até às 7, 8 ou 9 horas da noite, na véspera de Natal.

Poucos tínhamos direito ao subsídio de Natal e, os que tínhamos, só o recebíamos nessa noite, antes de sair do trabalho. E era quando se fazia as compras, poucas, que o dinheiro não dava para muito e sempre   tinha que se levar algum para casa..

A Baixa nesses dias formigava de gente a qualquer hora.

Eram frequentes os encontrões devido à pressa e aos sacos das compras.

Mas havia sempre um pedido de desculpa, um sorriso nos lábios e um "não faz mal" como resposta.

Não havia ainda o espirito consumista que agora impera.

Notava-se o Espirito de Natal no ar.

Actualmente vêem-se pessoas carregadas de sacos de compras.

A pressa é a mesma mas as caras já não são risonhas. Compram-se as prendas como se de um frete se tratasse e não de uma coisa que dá prazer fazer.

E, se alguém dá um encontrão, não é raro ouvir-se: - Olhe lá não vê por onde anda?

E, se ainda há um pedido de desculpas, perdeu-se o sorriso que o acompanhava.

Por favor, se alguém sabe por onde anda o Espirito de Natal da minha juventude, peça-lhe para voltar.

É que eu sinto tantas saudades dele!

 

                                                                     

sinto-me: saudosa
publicado por rodrigando às 01:28
link do post | comentar | ver comentários (8) | favorito
|
Quarta-feira, 25 de Novembro de 2009
FALTA UM MÊS

 

                               

 

 

Falta um mês para a noite mais linda do ano: A NOITE DE NATAL.

Por essa razão vou tentar todos os dias escrever algo alusivo à Quadra.

Mas hoje é um dia especial também.

É dia de celebrar a dádiva de vida que tantos DADORES DE SANGUE fazem. 

Assim hoje apenas aqui coloco as vê-las acesas, SIMBOLO DE VIDA e um MUITO OBRIGADA a todos, mulheres e homens que, à imagem de Jesus, dão um bocadinho de sua vida a quem, sem ela, morreria. 

BEM HAJAM.

sinto-me: agradecida
publicado por rodrigando às 02:30
link do post | comentar | ver comentários (7) | favorito
|
DAR VIDA
assinaturas personalizadas

RecadosOnline - As melhores mensagens de Dia do Doador de Sangue! Clique e confira!

publicado por rodrigando às 00:56
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
|
Terça-feira, 24 de Novembro de 2009
SOZINHA (14)

 

Sentada, sózinha

Na areia da praia

Olhando o sol

Que escorrega

De mansinho, pró mar

Dou comigo a pensar

Que noutra praia

Foste o meu farol,

O meu sol, o meu dia,

Minha bússola...

Meu guia.

Mas o nosso amor

Desfez-se em fumo

Sem ti, meu amor

Perdi o rumo.

E,enquanto o sol,

De mansinho,

Desmaia

Aqui estou eu

Sentada, sózinha

Nesta outra, praia.

 

sinto-me: saudosa
publicado por rodrigando às 14:20
link do post | comentar | ver comentários (5) | favorito
|
Domingo, 22 de Novembro de 2009
A DANIELA FOI VER OS CAVALOS

 

Há dias o Infantário da Daniela foi fazer uma visita de estudo ao 4º Esquadrão de Cavalaria.

Segundo dizem as Educadoras, as crianças adoraram ver as demonstracções com cavalos e cães .

Aliás, elas próprias também. 

Eu acredito porque a primeira vez que vi também gostei muito.

Tudo o que são cavalos e cães as crianças têm uma apetência para gostar embora algumas tenham medo de se aproximar.

Ao contrário do Daniel que, apesar de ser rapaz e mais velho é um bocadinho tímido e medroso, a Daniela não tem medo de coisa nenhuma.

Sempre que há visitas de estudo, o Esquadrão arranja um ou dois cavalos mais mansos e, no final das demonstracções, levam as crianças a dar uma voltinha a cavalo.

Desta vez eram muitos e alguns muito pequenos e não havia a possibilidade de o fazerem. 

Claro que a "doida" da minha princesinha disse logo que não tinha medo e, como é toda atrevida e despachada , lá acabou por ir dar uma volta.

Nesse dia e pela primeira vez , pude ir com a minha norinha buscá-la ao infantário.

Feliz da vida só me dizia:- Vó Adelha, os cavalos são tão "gandes", tão "gandes", "tão gandes"...

 

 

 

 

sinto-me: bem
publicado por rodrigando às 18:36
link do post | comentar | ver comentários (14) | favorito
|
Sábado, 21 de Novembro de 2009
BRINCADEIRA (14)

 O LAGO DOS DESEJOS

 

Por um lago dos desejos

Eu já um dia passei

Para pedir os teus beijos

Uma moeda deitei

 

E já foram tantas tantas

As moedas que deitei

Que já não sei fazer contas

Ao dinheiro que lá gastei

 

Nem abraços nem beijinhos

Até hoje eu recebi

Vê lá bem pelos teus carinhos

O dinheiro que já perdi

 

Já cheguei à conclusão

Que se eu te quero amar

Vou falar-te ao coração

E vou ter que te beijar

 

Se isso não resultar

Nos teus abraços e beijos

Eu já resolvi roubar

As moedas dos desejos.

 

              

sinto-me: Divertida
publicado por rodrigando às 04:44
link do post | comentar | ver comentários (5) | favorito
|
Quarta-feira, 18 de Novembro de 2009
APARÊNCIAS (13)

 

 Não choro,pronto,não choro,

Quem me dera poder

Mas não consigo.

Eu sou assim ,deste jeito

E a dor que trago no peito

Arde  como sal em ferida

Mas chorar eu não consigo

O que é que hei-de fazer?

 

-Pareces não ter sentimentos...

 

Só porque não choro?

Não sejas tolo!

Aquilo que sinto por dentro

Causa-me um tal sofrimento

Que mil lágrimas choradas

Em nada são comparadas

à dor que trago comigo

Mas chorar...eu não consigo!

 

-Se não chorares por ela

Não vais chorar por ninguém.

Bolas! Era a tua mãe!

 

Não. É a minha mãe!

Que me pariu.

...que partiu...

...que adormeceu...

...que foi para o céu...

...que morreu...

Porque achas que sofro assim?

Ela É a MADRE de mim!

 

-Choras por tudo  por nada...

 

Deixa-me eu paz, eu te imploro.

Respeita o meu sofrimento

Pois é: Chorar eu não choro

Eu sou assim deste jeito

E a dor que trago no peito

Quase me está a matar...

Morro de dor, de tormento

Mas não consigo chorar.

 

 

PS. -Três meses depois, durante a noite, acordei a soluçar. E foi então que iniciei o luto pela minha mãe.

"ALGUÉM"  que sabe, disse que até lá estive em negação. Por isso aconselhou-me  escrever sobre o assunto e este foi um "diálogo de surdos" que tive  (mesmo) com alguém que achava que só quem chora é que tem sentimentos e que eu devia mostrar  "sentimento".

Respeito muito quem consegue chorar de desgosto mas eu "que choro por tudo e por nada" não  consegui chorar quando os meus pais morreram. Ainda menos conseguiria fingir só pelas aparências.

 

 

 Para os meus pais.

 

 

sinto-me: A limpar mágoas
publicado por rodrigando às 08:30
link do post | comentar | ver comentários (24) | favorito
|
Sábado, 14 de Novembro de 2009
OBRIGADA

              

 

 

 

             MINHA QUERIDA SINDARIN

 

 

 

             Obrigada.

              

              Está lindo.  

 

              Que Deus a cubra de bençãos.

 

                                          

 

               Amigas, gostam da prenda que eu recebi? Eu adorei. Assim que me for possivel posto o video que tem esta musica, com paisagens lindas e com a tradução.

É a oração mais linda que eu já ouvi e que irei dedicar-vos porque sei que é assim que todas nós queremos o mundo em que vivemos.

 Hoje permitam-me um agradecimento especial à Sindarin que tão bem soube interpretar aquilo de que eu gosto. E eu sei que este blog é mesmo um reflexo de mim mas quem me dera ser tão linda como esta montanha.

HOJE sinto-me feliz e duplamente abençoada.

 

 

sinto-me: MUITO BEM
tags:
publicado por rodrigando às 20:03
link do post | comentar | ver comentários (19) | favorito
|
Sexta-feira, 13 de Novembro de 2009
VIOLÊNCIA OU TERRORISMO DOMÉSTICO?

 Quando se vê duas crianças entre os 8 e os 11 anos, de noite, num local aonde é suposto não estarem, chama-nos a atenção, não é?

Pois ontem aconteceu-me uma coisa dessas. Vi duas crianças a rondar o portão da minha Escola cerca das 7 da noite.

Não eram alunos mas, como havia reunião de pais, pensei que estariam à espera dos pais. Mas as reuniões foram acabando e as crianças continuavam ali.

Comecei a estranhar e meti conversa com eles.

Estavam à espera que fossem horas para a mãe chegar do trabalho para irem para casa porque era dia do pai estar de folga(?)

Estranhei a situação e fui fazendo perguntas. O mais velho retraiu-se mas o pequenito lá foi conversando.

Então a situação era esta: No dia de folga o pai passava o dia no café e embriagava-se. Se estava bem disposto tudo bem, se estava mal disposto zangava-se, partia tudo e batia.

Eles não queriam ir para casa sem a mãe lá estar com medo dele estar mal disposto.

Então e se a mãe estiver?

- Ele bate nela mas ela  fecha-nos no quarto e não deixa que ele bata na gente. 

E nos dias em que o pai está a trabalhar, como é?

-Nesses dias vamos para casa.

Então e quando o pai chega? 

-Quando ele chega  já  estamos na cama.

Então quando é que estão com o vosso pai?

-A gente? Só no dia da folga dele.

Mas vocês não costumam andar por aqui. Nos outros dias onde ficam até a mãe chegar?

-Ficamos na paragem das camionetas.

 

 

As crianças acabaram por ir para a paragem esperar pela mãe, como fazem todas as semanas, no dia de folga do pai. Eu fiquei a pensar naquela mãe que, depois de um dia de trabalho, leva tareia mas não deixa o marido, bêbedo, bater nos filhos.

Fiquei a pensar nos filhos que só estão com o pai no dia de folga  e, mesmo nesse dia, têm medo de ir para casa sem a mãe.

E, desculpem-me a expressão, fiquei a pensar na BESTA que é aquele homem.

Quantos pais dariam tudo para terem um dia por semana, só um que fosse, com os filhos e aquele, em vez de ir buscá- los à Escola e aproveitar o pouco tempo que tem para estar com eles, TROCA-OS por uma bebedeira.

 

Confortou-me pensar que, em seis dias por semana, as crianças vão para casa a horas, sem medo de levar tareia e sem o terror de verem a mãe ser espancada, sem nada poderem fazer para a defender.

E que, nesses mesmos seis dias, há uma mulher que sabe que ao chegar a casa não leva tareia, não  tem tudo partido, nem tem que defender os filhos do próprio pai.

Pergunto a mim própria como é que ela tem coragem para entrar naquela casa, nos dias de folga do marido. 

Penso em mil e uma razões para ela aguentar.

Não consigo encontrar uma única que justifique o que estão a sofrer.

Isto é muito mais que violência...é terrorismo.

 

 

 

 

 

 

 

 

sinto-me: irritada e, até, enojada
publicado por rodrigando às 01:22
link do post | comentar | ver comentários (24) | favorito
|
Quarta-feira, 11 de Novembro de 2009
PORQUE HOJE É DIA DE PARTILHA...

  Recordando S.Martinho que,  partilhou a sua capa de soldado num dia de Inverno com uma pessoa necessitada e, porque cada vez mais todos nós temos que reaprender a partilhar, eu hoje decidi partilhar connvosco, este video.

COM MUITO AMOR.

Bom S.Martinho.

sinto-me: com vontade de viver
publicado por rodrigando às 14:17
link do post | comentar | ver comentários (10) | favorito
|
QUE FIM DE VIDA?

 Há dias em que me sinto particularmente triste e ontem e hoje foram dias assim.

Embora o assunto já não me diga particularmente respeito, a verdade é que me entristece.

A minha ex-sogra está gravemente doente e há dias caiu, quando se dirigia para a casa de banho. Como se trata de uma pessoa relativamente forte e idosa e o marido já não tinha força para a levantar do chão,  teve de pedir ajuda a um vizinho para a levantar.

E isto aconteceu já três vezes, deixando-a de tal forma magoada que a partir daí recusa-se a levantar-se para ir à casa de banho.

Felizmente que no ultimo fim de semana os filhos e o meu filho mais velho foram visitá-la e, ao saberem da situação, viram que a única forma de a resolver era com fraldas.

Então levantou-se outro problema: Pôr-lha.

No meio de muita vergonha por parte da senhora e de pouco àvontade por parte dos filhos e do neto lá conseguiram.

E agora? Cada um tem a sua vida e o seu trabalho não podem vir mudá-la sempre que ela precisa. O marido já não tem condições físicas para o fazer.

Valeu-lhes o facto de, depois de saber o que se passava eu me ter lembrado de ir com o meu filho ao Lar da Igreja, que tem apoio domiciliário e que com  boa vontade,  disponibilizaram duas funcionárias que vão lá a casa duas vezes por dia lavá-la e mudá-la.

Mas a última muda é às 16,30 porque o serviço acaba às 17.

E depois tem que se manter com a mesma fralda até ao dia seguinte!

Aos fins de semana terá que ser a família a fazê-lo mas os filhos moram longe.

Eu gostava de ajudar mas fisicamente também me encontro debilitada e aos fins de semana com o tratamento que tenho que fazer não tenho mesmo condições. Também não quero aborrecimentos com a companheira do meu ex-marido mas isso era o que menos me preocupava se pudesse ajudar.

Com a doença que ela tem não terá muito mais tempo  porque o cancro já passou dos intestinos para o figado e sei que se ela tiver que ir para um Lar isso vai apressar-lhe a partida.

Por isso já mais do que uma vez dei comigo a pensar que fim de vida é este?

Perde-se tudo!. A nossa intimidade tem que ser devassada por pessoas desconhecidas que, por muito correctas e educadas que sejam, por muito que tentem e até consigam, atenuar o mal estar e o sofrimento ,é sempre uma devassa de nós.

Perdemos o nosso lar e o contacto com tudo aquilo de que nos rodeámos e amámos durante a vida se tivermos que ir para um Lar.

De que lhe valeu uma vida de trabalho e de privações, pensando numa velhice estável se agora não a pode usufuir? 

É a minha ex-sogra. Legalmente já nada nos liga mas é a avó dos meus filhos. Custa-me sabê-la a sofrer,  custa-me o sofrimento dos meus filhos e, até, custa-me ver o sofrimento do meu ex-marido. Há muitos anos que perdi a minha mãe e sei bem avaliar o que eles estão a passar.

Bolas! Para se morrer não devia ser preciso sofrer tanto!

 

sinto-me:
tags: , ,
publicado por rodrigando às 01:03
link do post | comentar | ver comentários (15) | favorito
|
WHAT ABOUT US?

 

 

 

Hoje mandaram-me este video do Michael Jackson e,embora eu nunca tenha sido uma grande admiradora dele, confesso que  me fez pensar na razão porque não foi tão publicitado como outros.

Terá sido pelas imagens serem chocantes?

Ou  seria pelo facto dos Estados Unidos da América continuarem a ser um dos maiores responsáveis pela poluição a nivel mundial?

SÓ PODE, como diriam os miúdos da minha Escola.

sinto-me: angustiada
publicado por rodrigando às 00:47
link do post | comentar | favorito
|
.mais sobre mim
.pesquisar
 
.Maio 2013
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31
.favorito

. PAI SE É POSSIVEL...

. SINA ...(?)

. PASSARAM-SE 34 ANOS

. EU MORO NA BRANDOA...

. ILUSÃO

. REVIRAVOLTAS

. HOJE

. TVI - PORQUE A SOLIDARIED...

. ONTEM FIZ

. OFICIALMENTE...

.tags

. todas as tags

.Música
Música
The Prayer - Celine Dion
.subscrever feeds