Aqui falo de mim, dos que amo, dos meus sonhos, das minhas alegrias e tristezas e de tudo o que gosto...ou não.



Contador de visitas
.Contador

contador

SELO À AMIZADE

.Os Meus amigos



Maripossa


:: Onix ::

San
Sentidos Proibidos Mª
Cuidando de Mim
Da Planície
Tina
Coisas de Mulher
Em busca da Felicidade



.posts recentes

. FELIZ DIA DA MÃE

. DE VOLTA? TALVEZ

. PAI SE É POSSIVEL...

. Morreu em HOMEM!!!

. SINA ...(?)

. EM TEMPO DE PÁSCOA E REFL...

. PARABÉNS FILHO

. PASSARAM-SE 34 ANOS

. EU MORO NA BRANDOA...

. CHEGOU A PRIMAVERA

.arquivos

. Maio 2013

. Fevereiro 2013

. Abril 2012

. Março 2012

. Novembro 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Novembro 2008

Sexta-feira, 31 de Julho de 2009
NOTICIAS DO DIA

    

       Acabei de ler as noticias do dia e houve duas que me chamaram a atenção.                        Uma criança  baleada por um irmão  com uma arma encontrada num carro e o "chumbo"  pelo Tribunal Constitucional da autorização para o casamento entre duas mulheres.

       

         A primeira notícia não diz se o carro era de familiares ou não mas isso também não me parece importante.Embora aparentemente a criança não corra perigo de vida como ficará psicologicamente? E o irmão?

          E o dono do carro? E o dono da arma? No mínimo foi tremendamente irresponsável! No "meu tempo" dizia-se que as crianças se lembram de fazer o que ao diabo não lembra e por isso com elas todo o cuidado é pouco.

                      

           Quanto ao chumbo do Tribunal mais uma vez se "escudam" na inconstitucionalidade ou na falta de legislação para não autorizarem este casamento.É certo que se o fizesssem abriam um precedente e acabariam por fazer lei. mas não era melhor acabarem com esta hipócrisia?

            Quantos casais homossexuais vivem em união de facto? Em que é que issso prejudica as outras pessoas que se dizem normais? O que é ser normal? Actualmente há milhares de casais heterosexuais que optaram por viver em união de facto e muitos deles até optaram por não ter filhos? Também são "anormais"?

            

               Na Carta dos Direitos do Homem .lê-se que TODOS OS HOMENS SÃO IGUAIS NOS DIREITOS E NOS DEVERES . Então os homossexuais só porque têem uma orientação sexual diferente perdem os direitos e só são obrigados a cumprir os deveres?

 

                Independentemente de orientações politicas e religiosas, vamos tirar a cabeça da areia e acabar com a HIPOCRISIA?

                

                 Podem viver em união de facto,podem pagar impostos,podem trabalhar, podem fazer tudo o que fazem os casais ditos normais (leia-se os que casaram e têm filhos) mas

casar.....N U N C A !!!!!!!!

                 

                 E depois eu é que sou velha!

sinto-me: Zangada
publicado por rodrigando às 12:21
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
|
Quinta-feira, 30 de Julho de 2009
SINTO MUITO...uma prenda de Natal

 

 

 

Durante  os longuissimos 18 meses que passaram entre os primeiros exames médicos e a consulta no Hospital Pulido Valente , muitos foram os momentos de angústia e incerteza que me atormentaram e aos que me amam.

 

O primeiro susto apanhei-o no laboratório de análises pois as funcionárias são minhas conhecidas há muitos anos e os olhares de pena que me lançaram enquanto lá estive não auguravam nada de bom.

 

     Na minha família ninguém tem problemas em escolher as prendas para mim:livros,mon cheries e vinho do Porto (estes dois últimos actualmente estão suspensos),mas não tenho mau gosto,pois não?

 

    Ora neste último Natal recebi CDs de música clássica e livros (muitos!!!). Um deles tocou-me profundamente.  SINTO MUITO de Nuno Lobo Antunes , não só pelo tema mas pela dedicatória. Foi-me oferecido pelo filho mais velho,norinha e neta. Diz assim;

 

     "Este livro é uma demonstração de força de vontade,humanismo e amor.Esperamos que te dê força para enfrentares o que possa ou não,  vir por aí,sabendo que se a força de vontade vem de ti e o humanismo de terceiros,o Amor virá sempre daqueles a quem dás conforto e carinho,daqueles a quem ainda hoje ajudas a moldar a alma com conselhos e puxões de orelha,daqueles a quem não deixas faltar nada e têm sempre o teu amor garantido.Um beijo grande a).Jorge,Eva e Daniela"

 

      Como vêem o "puxar as orelhas" é de família.

 

      O que mais temíamos,cancro ou cirrose,graças a Deus não é. O tratamento vai requerer apoio psicológico ou psiquiátrico,disso já fui avisada, mas com uma família assim quem é que se vai deixar ir abaixo? Até porque não me apetece nada,depois desta  idade , fazer        

concorrência às orelhas do Principe Carlos de Inglaterra!

 

       Um graaaaaaaan.....de Rodriguinho

 

     

sinto-me: Emocionada
publicado por rodrigando às 15:39
link do post | comentar | favorito
|
Quarta-feira, 29 de Julho de 2009
DE VOLTA...OUTRA VEZ

 

  Olá!

 

   Cá estou de volta. Tive que mudar de Operadora porque a antiga não quis trocar a peça que se avariou e ,como entretanto estava com dificuldade de deslocação,devido ao extremo cansaço em que me encontrava,esperei até terminar o contrato para resolver o problema.

 

   Quanto à minha saúde,a hepatite graças a Deus não evoluiu nem para cirrose nem para cancro que eram as duas possibiliddes devido ao facto de ser portadora duma doença de que pensava ter ficado curada e que afinal me acompanhou todos estes anos sem dar sinais. Aliás ,sinais dava ,só que nem eu nem o médico os relacionávamos com a hepatite.

Se tudo correr bem em Outubro começo um tratamento com uma injecção semanal de interferona (nunca tinha ouvido este "palavrão" nem faço ideia do que é) que , supostamente,

me curará.                                                                                                 

  

   Entretanto fiz 62 anos e habitualmente é dia de sardinhada no meu quintalinho .Quase toda a familia se reune e após a sardinhada do almoço o convivio costuma durar até à noite.

Este ano foi um bocadinho menos,menos familia,menos saúde,menor convivio porque só nos juntámos por volta das 5 horas da tarde.Mas mesmo assim foi bom.

 

   No próximo domingo é o baptizado do meu neto Daniel (4 anos traquinas) e por volta do dia 7 estamos à espera que chegue o Gonçalo  ( filho do filho mais velho e da minha norinha

que também já me deram a vaidosissima Daniela,com 2 anos e meio).                                       

 

    Apesar de tudo não tenho de que me queixar.Tenho uma família que amo e que me ama de igual modo e que nos momentos de desânimo me puxa as orelhas e me obriga a reagir,

Tenho trabalho, o que nos dias actuais muita gente queria ter e não tem. Tenho AMIGOS que não precisam de ser chamados quando necessito deles.                                                                

 

    Eu não preciso de mais para ser FELIZ.

 

 

Rodriguinhos para todos

sinto-me: FELIZ
publicado por rodrigando às 23:27
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
|
.mais sobre mim
.pesquisar
 
.Maio 2013
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31
.favorito

. PAI SE É POSSIVEL...

. SINA ...(?)

. PASSARAM-SE 34 ANOS

. EU MORO NA BRANDOA...

. ILUSÃO

. REVIRAVOLTAS

. HOJE

. TVI - PORQUE A SOLIDARIED...

. ONTEM FIZ

. OFICIALMENTE...

.tags

. todas as tags

.Música
Música
The Prayer - Celine Dion
.subscrever feeds